15 de março de 2018

Já não é de hoje que sabemos o tamanho do sucesso que foi resultado da parceria da Marvel com a Netflix, certo? Quando essas duas gigantes se juntaram, nasceram seis séries heróis que vieram agradando o público e conquistando mais fãs, como é o caso de “Demolidor“, “Jessica Jones“, “Luke Cage“, “Punho de Ferro“, “O Justiceiro” e “Os Defensores“. Cada série mostra um universo particular de um personagem até todos se juntarem em “Defensores” (que tem resenha aqui no blog!), mas é claro que é impossível não dizer que, das seis, sempre tem uma favorita… E o post de hoje é pra justamente falar da melhor série que nasceu dessa junção! Pode vir, Jessica Jones!

(Reprodução Netflix)

Jessica Jones é a segunda série que surgiu da parceria Marvel-Netflix e estreiou lá em Novembro de 2015 na plataforma de streaming. Logo de começo já conquistou milhares de pessoas por se tratar de uma produção de mulheres COM mulheres, colocando em pauta assuntos polêmicos como abuso, estresse pós-traumático, estupro e muito, muito feminismo! Mas como tudo que é bom dura pouco, a primeira temporada foi engolida rapidinho pela galera e aí ficamos no breu da incerteza de uma segunda temporada…

Para nossa alegria, a segunda temporada foi confirmada de Janeiro de 2016 e agora, quase dois anos e meio depois, Jessica Jones finalmente está de volta!

A segunda temporada de JJ lançou dia 8 de Março, coincidentemente Dia das Mulheres! Dá pra ser mais super que isso? E como se não bastasse a divulgação pesada, cada título de episódio foi mostrado através de uma série de ilustrações sobre a série (olha isso!)

Na primeira temporada nós acompanhamos a luta de Jessica (a incrível Krysten Ritter) contra o vilão Kilgrave (David Tennant), seu antigo abusador com poderes de forçar as pessoas a fazerem o que ele queria. A briga foi feia e durou longos episódios, mas acabou no fim! Só que deixou algumas sequelas na Jessica e muitas, muitas questões abertas…

A nova temporada veio para destrinchar essas questões! Sem Kilgrave para lidar, acompanhamos Jessica de volta ao seu trabalho na Alias Investigation, agora com seu vizinho e amigo Malcolm Doyle (Eka Darville) como parceiro (mesmo que Jessica não admita).

Como de costume, diaramente uma dezena de pessoas vão até o apartamento de Jessica, sede da Alias, pedir ajuda com seus casos de investigação, e no meio dessa galera surge um rapaz estranho dizendo que tinha poderes e que estava sendo perseguido… Pavio curto que é, a Jessica ignora isso e mais tarde descobrimos que o rapaz não era tão louco assim. E é aí que tudo começa!

Sem maiors spoilers, a nova trama da série gira em torno da IGH, uma organização secreta que  foi responsável por dar os poderes à Jessica depois do acidente em que sua família morreu (como vimos na temporada 1)! Novas perguntas e dúvidas do passado de Jones são colocadas à tona e então somos bombardeados por completo por um segredo da família dela que havia ficado encoberto por muitos, muitos anos!

No meio disso tudo, também vemos as relações de Jessica sofrerem junto dessa correria para descobrir os efeitos da IGH e até onde experimentos foram feitos. Lembram da Trish Walker (Rachael Taylor), a melhor amiga e irmã famosa da Jess? Ela está de volta e ainda mais sedenta em fazer o bem! O que nos coloca diante de mais um questionamento enorme na vida de alguém com super poderes e pouca paciência como a Jessica: Virar ou não virar uma heroína e usar seus dons para o bem?

Malcolm e Trish na nova temporada

(Reprodução Netflix)

Cheia de perguntas existenciais e discussões sobre o papel de cada um no mundo, essa temporada veio recheada de novas informações de tirar o fôlego! Além de tudo, as cenas de ação estão de volta e, é claro, quase nunca sem uma garrafa de whisky barato para acompanhar, afinal, sabemos de quem estamos falando, não é?

E apesar de ser quase uma série toda de mulheres para mulheres, o que fica claro nessa nova trama é que Jessica Jones veio para discutir nossos deveres e duvidas como seres humanos e sociedade, e nos fazer repensar na forma como vemos as pessoas e as tratamos! E ainda mais: Como lidar com o perdão e o peso de nossas ações.

Então se você já viu a primeira temporada e gostou, ou nunca assistiu nada e queria acompanhar, eu já recomendo correr dar play na Netflix e acompanhar essa aventura incrível! Os novos eventos estão simplesmente fantásticos e tenho certeza de que renderão boas conversas e aqueles minutinhos de reflexão, além da inspiração de ter uma mulher forte e durona como a Jessica comandando um universo geralmente visto como masculino, né? Girl Power neles! ♥

 

postado por Amanda

Compartilhe com os amigos: 3 comentários

Leia Também

  • Séries e Moda
  • LA CASA DE PAPEL (E COMO TORCER PARA OS VILÕES)
  • O velho oeste está de volta!
  • Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog:
    1. Veronica, 16 de março de 2018

      Amo essa série, vou assistir! Amei seu post, amo a Jones! Bjo

    2. Alzinete Rodrigues Correia, 20 de março de 2018

      Oi
      Não conhecia essa série,achei bem interessante, gostaria de assistir pois fiquei empolgada depois de ver seu post.

    3. […] do ano em que a maioria das séries renovadas começam a estreias novas temporadas. Foi o caso de Jessica Jones, Santa Clarita Diet (que voltou hoje!) e mais uma dezena de opções cheias de novas aventuras para […]